Sítio misto – ou seja, região que mescla biodiversidade e patrimônio cultural – reconhecido pela Unesco, Paraty é uma das estrelas do estado do Rio de Janeiro. Cheia de atrações e ideal para eternizar momentos em belas fotografias, a cidade tem tudo para ser o seu próximo destino. Duvida? Pois a gente preparou uma listinha e tanto com sugestões de o que fazer em Paraty.

 

Atenção: antes de qualquer coisa, é importante ficar a par de como estão as coisas devido à pandemia. Lá vai: hotéis e pousadas já podem reabrir, desde que se limitem a 50% de sua capacidade máxima, ofereçam café da manhã sem buffet e garantam que os quartos fiquem ao menos 24h vazios entre um hóspede e outro. Restaurantes e bares locais também podem funcionar, mas devem respeitar o mesmo limite de lotação dos hotéis, assim como os barcos utilizados para turismo. Lembre-se também de checar se os lugares que você quer visitar estão funcionando, combinado?

 

1. Tour pelo centro histórico

Cultural e extremamente artístico, o centro histórico de Paraty pode ser facilmente definido como encantador. Não à toa, o casario antigo é o principal cartão-postal da cidade. As construções, somadas às ruas de pedra e ao clima bucólico, fazem do local o cenário perfeito para fotos. Uma curiosidade: toda a região foi planejada para viver conforme as marés, por isso as casas foram erguidas um degrau acima. A dica é reservar um tempinho para caminhar com calma por ali e apreciar este riquíssimo conjunto arquitetônico, tombado pelo IPHAN como Patrimônio Nacional. Portanto, use sapatos confortáveis e deixe-se perder pelas vielas.

 

2. `Praias de Paraty
Praia dos Antigos - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Quando falamos em Paraty logo imaginamos as praias, não é? Então, se você se amarra em sol e mar, saiba que não vai se decepcionar! A Praia do Sono é uma das mais bonitas, sendo acessada por trilhas ou barcos, enquanto a Praia dos Antigos proporciona uma belíssima vista e tem águas claras e areia branquinha. Já a Praia do Pontal é a mais próxima do centro e conta com uma excelente estrutura.

Tá a fim de praticar esportes? A Praia da Ponta Negra é ótima para snorkeling, ao passo que a Praia do Cepilho, na estrada para Trindade, é ideal para os surfistas. Para curtir uma vibe histórica, a Praia de Paraty Mirim abriga ruínas de vários casarões e a charmosa Capela Nossa Senhora da Conceição.

Cabe ressaltar também as praias de São Gonçalo e São Gonçalinho, acessíveis de carro, já que estão a mais ou menos 30 minutos do centro. Ambas são bem tranquilas: o mar é manso e nenhuma das duas costuma ficar muito cheia. Isso significa que são ótimas opções para curtir um dia inteirinho no maior sossego.

 

3. Visite o Forte Defensor Perpétuo

Forte Defensor Perpétuo: um pedaço da história de Paraty! - Free Walker  Tours

Construído com o intuito de proteger o porto na época do escoamento do ouro, o Forte Defensor Perpétuo é o único que restou – ao todo eram seis. Dono de uma vista linda de Paraty e de sua baía, hoje funciona como museu. O local exibe um acervo de peças autênticas vindas da Grã-Bretanha, como canhões que atiravam balas de 6 kg a uma distância de 2 mil metros. E não acaba por aí! Além disso há caldeirões utilizados para a produção de açúcar e uma série de outras peças, como troncos de escravos e tambores de Jongo, por exemplo. Em outras palavras, o forte é imperdível para quem é apaixonado por história.

 

4. Museu de Arte Sacra de Paraty

Igreja de Santa Rita - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Parte da Igreja de Santa Rita, o Museu de Arte Sacra de Paraty está aberto desde 1973 e reúne mais de 200 peças datadas dos séculos 18 e 20. O que vai encontrar por lá? Mobiliário, prataria, joias, coroas, cálices e bacias, entre outros objetos litúrgicos. Igualmente rico, seu exterior traz características arquitetônicas em estilo jesuítico. Ou seja: câmeras em mãos, OK?

 

5. Passeio pela Lagoa Azul
Lagoa Azul - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Um dos points que não podem ficar de fora da listinha de o que fazer em Paraty, a Lagoa Azul é dona de águas azuis e rodeada por uma mata verde inacreditável. Para completar, a orla é formada por rochas e por uma areia dourada. Cenário digno de filme, o local é acessado somente pelo oceano. Para visitá-lo, há duas opções: contratar passeios de escuna ou então locar um barco no porto da cidade. De uma forma ou de outra, acredite, vai valer a pena!

 

6. Fique em contato com a natureza no Parque Nacional da Serra da Bocaina

Pedra da Marcela - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Deni Williams / Shutterstock

Situado na Serra do Mar, o parque fica entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Preocupado tanto com a questão ecossistêmica, quanto em oferecer opções ecoturísticas, foi inaugurado em 1971 e tem diversas atrações para curtir junto à natureza. Anote aí as mais famosas: a Trilha do Ouro, percurso da rota do antigo caminho colonial do século 17; a Cachoeira Santo Isidro e suas duas quedas; e a Pedra da Marcela, um dos mais famosos picos do Rio. Este último point proporciona uma vista panorâmica de Ilha Grande, Angra dos Reis e Paraty.

 

7. Dê um pulo no famoso Saco do Mamanguá

Saco do Mamanguá - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Único fiorde do Brasil, o Saco do Mamanguá tem mais de 6 km de extensão e 2 km de largura. Uma vez por lá é possível conhecer as típicas vilas caiçaras, provar as deliciosas porções de peixes e frutos do mar. Bônus: curtir as praias – são 33 ao todo, então escolha a que tiver mais a ver com você.

 

8. As cachoeiras de Paraty

Cachoeira da Pedra Branca - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Paraty é, sem dúvida alguma, um paraíso quando o tema é contato com a natureza. Para coroar, a cidade também é a casa de diversas cachoeiras. Inclusive, não deixe de conhecer a Cachoeira do Iriri, que foi cenário do filme “Amanhecer – parte 1”, da saga “Crepúsculo”. Ela fica em uma área de preservação ambiental e também abriga uma aldeia indígena Pataxó. Outra que definitivamente vale a visita é a Cachoeira da Pedra Branca, marcada por quedas e piscinas naturais. Caso você esteja procurando o que fazer em Paraty, tenha em mente que as cachoeiras são sempre uma ótima pedida.

 

9. Relaxe na piscina natural do Cachadaço

Praia do Cachaçado - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Shutterstock

Esta é mais uma dica de ouro para quem está viajando de carro. Point formado por pedras e piscinas naturais, é acessado por trilhas de nível médio de dificuldade e está localizado no final da Praia do Cachadaço. Fica em Trindade, a quase 30 km de distância de Paraty. O espaço é ideal para ver de pertinho a vida marinha por meio da prática de snorkeling. Contudo, fique atento à profundidade para não se machucar, já que a maior parte não ultrapassa 1 metro, OK? Se quiser fugir de aglomerações, evite finais de semana e feriados. Embora tenda a ficar bem cheio, o lugar é muito bonito.

 

10. Acompanhe a fabricação da cachaça

Alambique - Paraty - Rio de Janeiro | Crédito: Studio Aline Fernandes / Shutterstock

Tipicamente brasileira, a cachaça alambique também merece os holofotes. Por isso, não deixe de dar uma passadinha no Alambique para conhecer o processo de fabricação artesanal dessa e de outras bebidas preparadas com cana-de-açúcar.

 

Uma boa dica para você planejar sua próxima viagem!

Consulte-nos!!!

saltur@saltur.com.br