• Atendimento Corporativo
  • Nova Regra de Bagagens
  • Hotelaria
  • Locação de Veículos
  • Seguro Viagem
  • Transfer Executivo
  • Lista de Casamento
  • Passaportes e Vistos
  • Vacinas
  • Carteira Internacional de Motorista
  • Menores de Idade
  • Informações Úteis
  • Check list
  • Atendimento Corporativo

    A Saltur trata cada cliente como especial e único, desenvolvendo soluções particularizadas. Afinal, cada empresa tem uma necessidade diferente e cada viagem tem objetivos específicos. Portanto, cuidamos para que você possa ter a tranqüilidade de que tudo está sendo cuidado pormenorizadamente, sem que você tenha que se encaixar em padrões pré-estabelecidos.

     

    Como tempo é dinheiro, o atendimento 24h é fundamental nas viagens de negócios, Você não precisa esperar até o dia seguinte para ser atendido. Você pode entrar em contato a qualquer hora do dia ou da noite, que um profissional especializado estará à disposição para atendê-lo, com um sistema inteligente e funcional.

     

    O Corporate Travel procura automaticamente quais são as melhores alternativas para sua viagem de negócios: melhor vôo, melhor horário etc. E ainda, busca a melhor tarifa do mercado otimizando seus recursos. A Web é uma grande aliada que facilita e agiliza as operações de viagem. De onde quer que você esteja, basta acessar o site da Saltur e fazer sua reserva via WEB. E além disso, a Saltur também oferece o serviço de consulta de vôos que mostra os vôos que partem de todas as cidades e disponibiliza o link direto com a Infraero, com informações real time da situação dos vôos nos aeroportos. Assim, você estará ciente de atrasos ou antecipações dos vôos e pode se programar para chegar ao aeroporto na hora certa, evitando estresse e perda de tempo.

     

    A gestão de custos com viagens corporativas será facilitada pela geração de relatórios online de todos os serviços concluídos, no formato e para o período desejado. Através de diversos filtros programáveis, o Departamento Financeiro de sua Empresa obterá todas as informações detalhadas sobre a viagem de cada funcionário, subsidiando as ações de planejamento e redução de custos das diversas áreas da Empresa.

     

    FALE CONOSCO

  • Nova Regra de Bagagens

  • Hotelaria

    Garantia de tarifas especiais e competitivas para quem busca hospedagem com agilidade, segurança e economia.

     

    FALE CONOSCO

  • Locação de Veículos

    A Saltur oferece aos seus clientes excelentes tarifas com as melhores e maiores locadoras do Brasil e do mundo.

     

    FALE CONOSCO

  • Seguro Viagem

    Toda viagem deveria ser perfeita. No entanto, imprevistos acontecem e é importante estarmos preparados para isso. Por isso, os seguros de viagem são grandes aliados dos passageiros. Eles cobrem despesas imprevistas com assistência médica, transportes e até perda de bagagens ocorrida durante o transporte aéreo. Contratando uma assistência em viagem, qualquer eventual surpresa é minimizada, por isso a Saltur oferece as melhores opções em seguro viagem, tornando assim sua viagem mais tranquila e segura.
     
    Espaço Schengen
    Para passageiros que viajam à Europa, há ainda a questão da Zona Schengen – o espaço europeu sem fronteiras. As regras da Comunidade Européia indicam que brasileiros viajando para os países do Espaço Schengen devem portar um seguro com cobertura mínima de € 30.000 (trinta mil euros).
    Todos os programas para a Europa que constam em nosso site que incluem assistência/seguro, possuem a cobertura exigida pelos países do espaço Schengen.
    Os países integrantes do Tratado Schengen são: Áustria, Hungria, Noruega, Bélgica, Islândia, Polónia, República Tcheca, Itália, Portugal, Dinamarca, Letónia, Eslováquia, Estónia, Liechtenstein, Eslovénia, Finlândia, Lituânia, Espanha, França, Luxemburgo, Suécia, Alemanha, Malta, Suíça, Grécia, Países Baixos.

     

    FALE CONOSCO

  • Transfer Executivo

    Viagem corporativa, viagem em grupo ou transfer aeroporto?
    A Saltur oferece transporte executivo personalizado com equipe qualificada, proporcionando viagens com segurança, conforto, pontualidade e compromisso.
    Você pode contar com veículos modernos, sofisticados e totalmente equipados.
    Frota: veículos executivo, vans executivas, veículos blindados, ônibus executivo, ônibus leito turismo, micro-ônibus executivo.
     

    FALE CONOSCO

  • Lista de Casamento

    Lista de Casamento? Que tal colocar uma viagem?

    A tradição de muitos anos manteve a ideia de que uma lista de casamento seria sempre composta por peças para casa. Aberta em uma ou duas lojas, os noivos sabiam que contavam com presentes dados pelos seus convidados dentro do que precisam e do que gostam. O fato de muitos noivos já terem casa própria criou a necessidade de encontrar novas formas de oferecer um presente sem ser dinheiro. O sistema de cotas é uma excelente alternativa para aquele casal que já tem sua casa montada ou mesmo para aqueles que prefiram uma contribuição para a sua viagem em substituição ou em complemento às já tradicionais listas de presentes.

    A SALTUR disponibiliza essa opção de compra para você!

     

    FALE CONOSCO

  • Passaportes e Vistos

    PASSAPORTE:  O Passaporte Brasileiro emitido pela Policia Federal é o principal documento para viajar para o exterior. Além de ser o único com validade fora do país, também é pré-requisito para solicitar o Visto de entrada para os países que exigem essa autorização.
    Ele permite a entrada e a saída em outros países pelos portos, aeroportos e vias de acesso internacionais. Todos os brasileiros, independente da idade, necessitam deste documento para entrar em outros países que assim exigem.
     
    Informações completas e atualizadas podem ser obtidas no site do www.pf.gov.br/servicos-pf/passaporte.

     

    VISTOS: Alguns países exigem vistos para passageiros brasileiros. Para obter o visto, o passageiro deve procurar o consulado ou a embaixada do país que pretende visitar, apresentar os documentos solicitados e, na maioria dos casos, pagar uma taxa pela emissão do visto.
    Site consulado: www.vistos.com.br


    Seja qual for seu destino, nossa equipe está preparada para ajudar você e sua família, otimize seu tempo e não corra riscos de um visto negado.
     

    FALE CONOSCO

  • Vacinas

    https://viajante.anvisa.gov.br/viajante/

    Um dos itens mais importantes do seu checklist de viagem, além do passaporte e do visto, são as vacinas que você deve tomar antes de viajar, devido alguns países exigirem vacinas de passageiros brasileiros.
    Confira medidas importantes a serem adotadas antes, durante e depois da viagem.
     

    Antes de Viajar
    Dependendo de para onde o viajante está se deslocando, é preciso tomar alguns cuidados sobre os riscos de adoecer. Por isso, as informações e orientações necessárias para os viajantes devem fazer parte do planejamento de viagem. Algumas medidas devem ser previstas com antecedência como, por exemplo, a vacina contra febre amarela que é obrigatória para o ingresso em alguns países e deve ser tomada pelo menos dez dias antes da viagem.
    A vacinação deve ser registrada no Certificado Internacional de Vacinação que é emitido nos postos da Anvisa em Portos, Aeroportos e Fronteiras. Caso tenha algum problema de saúde que contra indique a vacinação, consulte seu médico e solicite um atestado e apresente em um dos nossos postos para emissão do Certificado Internacional de Isenção de Vacinação (PDF).
    Outras vacinas são recomendadas como medida de prevenção do viajante que se desloca para qualquer país, como a tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e a dT (difteria e tétano) e hepatite B, e no deslocamento para áreas endêmicas, a poliomielite, influenza e meningite meningocócica. A principal orientação da Anvisa é que o viajante esteja em dia com seu calendário vacinal do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.
     
    Durante a Viagem
    Ao viajar as pessoas estão expostas a mudanças climáticas, geográficas e culturais, que se refletem em mudanças dos padrões sanitários. Exemplo disso, a conhecida “diarréia do viajante” chega a ser registrada em até 80% dos viajantes em decorrência, principalmente, da ingestão de alimentos, bebidas e água contaminados. A maioria dessa contaminação, 85%, deve-se à presença de bactérias, que causam doenças como cólera e febre tifóide, e 5 % por vírus, podendo também ser provocada por parasitas e fungos em menor intensidade (OMS, 2005).
    Os principais cuidados frente a diarréia do viajante são:
    Evite alimentos de procedência duvidosa;
    Prefira água tratada industrialmente, filtrada ou fervida;
    Mantenha-se hidratado bebendo água tratada ou consumindo frutas;
    Verifique se o alimento é seguro;
    Evitando picadas de mosquitos;
    Quando um indivíduo se desloca para uma área de risco de doenças transmitidas por mosquito (malária, dengue, febre amarela, febre do Nilo Ocidental) recomenda-se a utilização de repelentes, mais de uma vez ao dia, nas partes mais expostas do corpo. Além dessa medida, orienta-se o uso de mosquiteiros e de telas, assim como evitar exposição no horário de maior atividade dos mosquitos (anoitecer e amanhecer).
    Cuidados com doenças respiratórias
    As doenças respiratórias também são consideradas de alto risco para os viajantes. Em julho de 2005, durante voo de curta duração no Brasil, um viajante contaminado pelo vírus do sarampo transmitiu a doença para mais cinco pessoas que estiveram na mesma aeronave. Pensando nesta forma de transmissão, o mesmo raciocínio poderá ser aplicado, por exemplo, para tuberculose, influenza, varicela e meningite meningocócica.
    Atualize seu calendário vacinal
    Evite viajar caso esteja doente ou com suspeita de alguma dessas doenças, durante o período de transmissão.
    Caso apresente algum sinal ou sintoma de algumas dessas doenças a bordo da aeronave, embarcação ou veículo terrestre em trânsito internacional, reporte-se aos tripulantes para que eles possam acionar os serviços de apoio e autoridades sanitárias do aeroporto, porto ou ponto de passagem de fronteira.

     
    Depois da Viagem
    No retorno de qualquer viagem, caso venha a apresentar algum sinal ou sintoma (ex.: febre, dor de cabeça, mal-estar geral ou qualquer outra alteração na saúde), recomenda-se procurar um médico ou o serviço de saúde, informando os locais por onde viajou, inclusive com as escalas e conexões. Os profissionais dos serviços de saúde são responsáveis por notificar a autoridade sanitária competente no caso de doenças e agravos de interesse à saúde pública internacional.
     
    Fonte: ANVISA

     

    FALE CONOSCO

  • Carteira Internacional de Motorista

    Para locação de automóveis no exterior, o condutor deverá portar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) permanente e em período vigente, bem como, a Carteira Internacional de Habilitação (IDL – International Driver’s License). Em alguns países a exigência das duas certificações poderá ser obrigatória e em outros não. Para garantir uma viagem tranquila, recomendamos que levem sempre ambas, além do passaporte.
    Mais informações: http://www.detran.rs.gov.br/conteudo/33779/perguntas-e-respostas-sobre-a-permissao-internacional-para-dirigir

     

    FALE CONOSCO
     

  • Menores de Idade

    Menores de idade que viajam ao exterior sem um dos pais ou sem ambos, precisam de autorização. Clique aqui e veja o modelo de Autorização para Menores Desacompanhados.
    A autorização deve ser preenchida em duas vias e ter as firmas reconhecidas por autenticidade ou seja, a pessoa que assina tem que ir pessoalmente ao cartório. Se a criança viaja desacompanhada do pai e da mãe, ambos devem assinar a autorização e reconhecer as firmas em cartório. Em cada via da autorização deve ser grampeada uma foto 3 x 4 do menor e deve ser anexada uma cópia do RG da criança.
    Atenção: Em caso de separação dos pais e o menor for viajar acompanhado somente da mãe, observar se o nome completo da mãe é idêntico ao que consta no RG da criança. Caso seja diferente (tenha sido modificado após a separação) será obrigatória a apresentação da Certidão de Casamento contendo a averbação da separação para embarque.

     

    FALE CONOSCO

  • Informações Úteis

    FUSO HORÁRIO:
    É sempre bom saber a diferença de horário do Brasil para seu destino. Especialmente na hora de ligar para casa – evite ligar de madrugada e assustar quem ficou.
    O link abaixo mostra as diferenças de fuso em todo o mundo. Consulte de acordo com seu roteiro.
    www.horadomundo.com
     
     
    TEMPERATURA:
    Procure saber qual a temperatura esperada no destino de sua viagem. Isso ajuda a estar preparado, com roupas adequadas e outras providências que podem variar do protetor solar à manteiga de cacau.
    O link abaixo informa a previsão do tempo em todo o mundo.
    www.weather.cnn.com   
     
     
    LIGAÇÃO INTERNACIONAL:
    Com a internet ficou muito fácil se comunicar com o Brasil. Quase todos os destinos possuem cyber cafés ou internet nos hotéis. Mas, se quiser ligar, prefira fazer as ligações de telefones públicos. Ligar de hotéis é caríssimo e eles cobram taxas mesmo em ligações a cobrar.
    A opção mais econômica são os cartões telefônicos, vendidos em bancas de jornal ou lojas de conveniência. Com eles você liga para um número local, digita o código impresso no cartão e em seguida o telefone no Brasil (00 + 55 + código DDD + número do telefone).
    Utilizar o sistema Brasil Direto também é uma opção muito interessante, pois oferece assistência em português. As ligações feitas através do Brasil Direto são à cobrar.
     
     
    TOMADAS E VOLTAGENS:
    Na hora de planejar uma viagem precisamos pensar em todos os detalhes para não acabar nos esquecendo de alguma coisa que pode nos atrapalhar. Um problema comum é a diferença de padrões das tomadas e de voltagem ao redor do mundo. Cada país acaba adotando um padrão, o que pode dificultar um pouco a vida do turista.
    Para não correr o risco de ficar sem bateria no celular, notebook, tablet ou até mesmo de queimar seus equipamentos eletrônicos com uma sobrecarga na voltagem, é importante se informar a respeito destes padrões nos países por onde vai passar.
    Recomendamos que providencie um adaptador de tomada ou conversor de voltagem universal, ou um específico para o destino da sua viagem. Sugerimos ainda que os compre ainda no Brasil, pois pode ser difícil encontra-los no exterior.
    Confira a seguir os principais padrões de voltagem e modelos de tomadas:


    - Voltagem:
    América do Sul: A maioria dos países adota 220 volts. A Colômbia e o Equador são as exceções, com 120V.
    América do Norte: Os Estados Unidos, Canadá e México utilizam o mesmo padrão variável, de 110V a 127V.
    Europa: Também segue padrão unificado, de 220V a 240V.
    Oceania: As vizinhas Austrália e Nova Zelândia usam somente 230V.
    Ásia: O Japão adota 110V, enquanto China e Índia são 220V.
    África: Na África do Sul por exemplo, a voltagem é 220V.
     
    - Padrões de tomada:

    Argentina
    É semelhante à tomada da Oceania, mas com tamanho diferente.
    Austrália e Nova Zelândia
    Plugues com dois ou três pinos inclinados funcionam nesse caso.
    Estados Unidos, Canadá e Japão
    Os dois pinos retangulares têm espessuras distintas.
    Itália
    Os europlugs se encaixam perfeitamente nessa tomada de três pinos lineares.
    Inglaterra e Irlanda
    A tomada inglesa tem fama de ser a mais segura do mundo.
    França e Bélgica
    O pino debaixo é para aterramento.
    Europa 1 (europlug)
    Esse é o padrão na maioria dos países europeus.
    Há ainda outra tomada (saída schuko) de forma circular com dois pinos, que também se conectam ao europlug.
    África do Sul
    As tomadas sul-africanas são de três pontos. É possível comprar um adaptador logo no aeroporto, no supermercado ou em algum shopping.

     

  • Check list

    Orientações aos passageiros:

    - Certifique-se de estar levando os documentos necessários para sua viagem: passaporte, vouchers, roteiro da viagem, certificado de vacina, vistos, passagens aéreas etc.

    - Leia atentamente o roteiro e vouchers especialmente elaborados para sua viagem. Havendo alguma alteração ou imprevisto em sua viagem, mantenha contato com os fornecedores locais, cujos telefones encontram-se no roteiro/vouchers.

     

    Passagem aérea:

    - Seu bilhete aéreo deve ter o mesmo sobrenome do seu documento de identificação com o qual você viajará (RG ou passaporte).

    - Você sempre deve se apresentar no aeroporto com antecedência. Para vôos nacionais, pelo menos duas horas. Em vôos internacionais, pelo menos três horas.

    - Recomendamos sempre confirmar com antecendência, junto a cia aéra, se o horário do seu voo está mantido ou se houve alguma alteração.

    - Se por algum motivo você modificar sua viagem, é necessário cancelar sua reserva. Sem o cancelamento fica caracterizado o no-show e todas as demais reservas do seu bilhete são canceladas. E, ainda mais, a falta de cancelamento gera uma multa, de responsabilidade do passageiro.

    - Os bilhetes aéreos incluídos em nossos produtos referem-se a tarifas especiais reduzidas implicando em certas restrições (endosso/mudanças de rota/reembolsos, validades, etc.).

     

    Bagagem:

    - Cuidado com o excesso de peso. A maioria das companhias aéreas e operadores terrestres aceita uma mala de 20kg e uma maleta de mão de 5kg. Mas lembre-se que você provavelmente fará compras durante a viagem.

    - Consulte-nos sobre qual a política de bagagens praticada pela cia aérea que irá utilizar.

    - Importante - tenha sempre à mão seus documentos de viagem: passaporte, vouchers, passagens, certificado de vacina, cartão assistência e dinheiro.

     

    Traslados:

    - O serviço de traslado é contratado para esperar até 40 minutos após o horário de chegada do vôo. Atrasos do vôo, demora na imigração ou na localização das bagagens podem extrapolar esse tempo. Nesse caso o serviço pode não ser realizado, sem direito a reembolso.

    - Em caso de desencontro, o passageiro deve entrar em contato com o operador local através do telefone existente no voucher do serviço. Em caso de dificuldade, o passageiro deve procurar o balcão de atendimento ao turismo, geralmente localizado na área de desembarque dos aeroportos.

    - Em geral, o serviço de traslado não inclui carregadores em aeroportos ou maleteiros nos hotéis. Estas despesas são por conta do passageiro.

     

    Hotéis:

    - O check in dos hotéis costuma ser a partir das 16h00. O check out até as 10h00.

    - Caso o passageiro deixe o hotel antes da data prevista, não haverá reembolso das diárias não utilizadas.

    - O serviço de carregadores de bagagens (maleteiros) não está incluído na maioria dos roteiros. Quando este serviço está disponível e incluído no roteiro de viagem, esta informação é mencionada no descritivo do roteiro.

    - Na Europa, a maioria das cidades proíbe a entrada ou circulação de ônibus na região central. Por isso, os hotéis utilizados nos circuitos europeus são localizados fora do centro.

     

    Assistência Médica:

    - A maioria dos roteiros inclui o seguro básico para emergências no exterior. Verifique se é o seu caso.

    - Se necessitar usar o seguro, entre em contato prévio com a seguradora através do número constante no cartão de assistência.

    - A seguradora não reembolsa despesas ou serviços de terceiros que não tenham sido previamente solicitadose aprovados.

    - A Comissão Européia de Turismo (CET) informa que os turistas brasileiros viajando para os países que compõem o Espaço Schegen devem possuir um seguro com a cobertura mínima de EUR 30.000 (trinta mil euros). 

     

    Segurança na viagem:

    - Esteja sempre atento às suas bagagens e pertences. Nos aeroportos, não descuide deles. Se for comprar um lanche ou falar com alguém, mantenha suas bagagens junto a você.

    - Em restaurantes (mesmo dentro dos hotéis), não deixe bolsas em cadeiras, câmeras fotográficas, celulares, notebook ou qualquer outro objeto sobre a mesa.

    - Tenha sempre uma postura preventiva e cuidadosa com suas coisas. Roubos acontecem em todos os lugares do mundo. Fique esperto !

     

    Reembolsos:

    Para agilizar processos de reembolso, é necessário que nos seja encaminhado relato feito pelo passageiro, com descrição dos fatos e comprovantes originais de despesas, para que possamos verificar junto aos fornecedores a possibilidade de reembolso se for devido.

    Havendo alguma despesa por motivo decorrente dos serviços aéreos (atraso do vôo, mudança, perda de conexão etc.) localize o balcão de atendimento ao cliente da companhia aérea responsável e solicite o ressarcimento localmente. É mais fácil e simples obter o ressarcimento quando a solicitação é feita localmente e no ato do acontecimento.

     

    BOA VIAGEM!